fbpx
contato@institutoeidos.com.br

Criando e Editando dados com uso das Planilhas Google

8 jul 2020

Criando e Editando dados com uso das Planilhas Google

//
Comentários0

Trabalhar com dados em planilhas e tabelas tem sido útil desde que a computação moderna existe. Ainda quando os sistemas operacionais eram do tipo “tela preta” e modo texto, já existiam as planilhas de dados, quase um protótipo se comparado ao que temos hoje em dia.

Mesmo que de maneira diferente, o Excel e as Planilhas Google executam funções muito parecidas. Na verdade, ambos exercem as mesmas tarefas, inclusive hoje tanto um como outro são serviços online, podendo ser acessadas, criadas e editadas planilhas através de um navegador conectado a internet.

Tanto o Excel como as Planilhas Google estão encaixados no segmento de aplicativos de escritório, os chamados pacotes “office”. Eles reúnem vários programas capazes de gerenciar o dia a dia de pessoas e empresas, gerenciando textos, dados em planilhas, apresentações de slides, gerenciador de e-mails, e muito mais.

O Excel já tem sua fama garantida por ser um dos primeiros programas de computadores especializado em tabelas e planilhas. Lidar com dados no Excel é uma prática diária para milhões de pessoas em todo o mundo. Com isso, a sua popularidade repercute em ser um software quase indispensável dentro das empresas e nas casas de profissionais e pessoas que gostam de gerenciar seus dados, seja na lista de compras de supermercado, finanças pessoais, controle de escala de trabalho, dados de grande volume ou simplesmente para listar o TOP 10 de seus filmes e séries favoritos.

Planilhas Google é também um aplicativo de planilhas. Funciona como qualquer outra ferramenta de planilhas, mas tem por característica principal ser um aplicativo on-line, sendo oferecido como um serviço pela Google. Para um novato em planilhas, ele acaba sendo bastante intuitivo. Mas também serve como uma luva para veteranos do Excel, por ser uma alternativa gratuita para quem está procurando uma maneira melhor de colaborar, sendo uma aplicação com alta integração com outros serviços Google.

Começando com o básico, para se trabalhar nas Planilhas Google basta ter uma conta Google. Ao acessar sua conta, clicando no ícone de MAIS, você encontra os aplicativos ligados à sua conta, entre eles o Planilhas (Sheets, em inglês).

Figura 1 – Acessando Planilhas Google
Fonte: Google, on-line, 2020.

Na figura 1 vemos em destaque (círculo vermelho) como acessar os aplicativos Google e o ícone das Planilhas. Assim que você acessa o aplicativo, sua primeira visão é de escolher uma planilha já existente, adotar um modelo pronto ou uma nova planilha em branco, como vemos na figura 2.

Figura 2 – Tela Inicial
Fonte: Planilhas Google, online, 2020.

Criamos nova planilha ao clicar em “Em branco”. Ali se abre uma nova planilha em branco, tradicional e semelhante a apresentada no Excel, para quem já conhece. O salvamento automático é o padrão dela, uma vez que você está trabalhando online. Ou seja, a partir do momento que criou uma planilha, ela já está salva. Na primeira linha da tela, é possível nomear sua planilha. Ela ficará salva em sua conta com o nome dado, ficando disponível na nuvem, em qualquer dispositivo que você conectar com sua conta Google. Na figura 3 vemos como alterar o nome da planilha, além do destaque no menu superior.

Figura 3 – Alteração de nome e menu principal
Fonte: Planilhas Google, online, 2020.

Na nova planilha você pode gerar sua tabela, digitando os dados ou pode importar dados de fora, abrir uma planilha já feita no aplicativo ou importar uma criada no Excel, por exemplo. Todas essas opções estão no menu ARQUIVO.

Figura 4 – Opções de abertura e salvamento de arquivos
Fonte: Planilhas Google, online, 2020.

Vale observar na figura 4 que, além de abrir um arquivo já pronto, é possível importar um do seu computador, assim como fazer uma cópia, fazer o download e tornar o arquivo acessível off-line. Esta última opção possibilita você editar o arquivo mesmo que não esteja conectado a internet, com o aplicativo desktop do Planilhas Google ou do aplicativo mobile para Smartphones e Tablets.

Que tal aprender Excel de verdade? Temos um curso perfeito para você. Já aprovado por mais de 14 mil alunos matriculados. CLIQUE AQUI para saber mais.

Após a criação ou edição de suas planilhas, com a ferramenta Google você pode exportar em diferentes formatos seus dados, em extensões como XLSX (próprias de arquivos do Excel), CSV, PDF, ODS (própria de softwares gratuitos de documentos), HTML e outros. Além de salvar assim, facilmente você pode compartilhar sua planilha com outras pessoas, enviando por e-mail ou associando outras contas Google para poderem acessar de diferentes modos, como editores ou apenas visualizadores da planilha.

Figura 5 – Compartilhamento de arquivos
Fonte: Planilhas Google, online, 2020.

Em resumo, podemos dizer que as Planilhas Google são uma alternativa viável tanto para criação como edição de planilhas feitas nela mesma ou em outros programas, como o próprio Excel, da Microsoft. Podendo criar tabelas com dados, inserir gráficos, conectar a dados externos, compartilhar e trabalhar colaborativamente, as ferramentas se apresentam como uma fonte de trabalho com planilhas em nível profissional, seja para amadores ou para quem precisa trabalhar com dados de diferentes tipos.

Referência

Planilhas Google. Disponível em: https://www.google.com/sheets/about/.


Por Daniel Brandão
Professor e consultor em dados e sistemas.

Deixar uma Resposta