fbpx
contato@institutoeidos.com.br

Alimentação saudável: dicas de como começar a pôr em prática!

31 ago 2018

Alimentação saudável: dicas de como começar a pôr em prática!

//
Comentários0
/

Hoje, dia 31 de agosto comemora-se o Dia do Nutricionista, devido a criação da ASBRAN- Associação Brasileira de Nutrição em 1949. O Nutricionista tem como principal objetivo melhorar a saúde e qualidade de vida das pessoas através de uma alimentação saudável e equilibrada.

Nos últimos anos, a nutrição vem ganhando cada vez mais espaço no dia a dia da população, uma vez que hoje já é possível observar uma certa atenção na hora de escolher os alimentos. Esta evolução, deve-se a famosa “onda fitness” caracterizada pelos exercícios físicos e dietas em evidência.

Fato é que uma alimentação saudável proporciona inúmeros benefícios a saúde, como por exemplo: enriquece nosso sistema imunológico, aumenta a produção de serotonina (hormônio relacionado ao humor e o bem-estar), melhora a qualidade de sono, beneficia a saúde dos músculos e dos ossos, regula e contribui para o bom funcionamento do trânsito intestinal, entre diversos outros benefícios.

Para entendermos melhor o conceito de alimentação saudável, é necessário compreendermos o significado de macronutrientes e micronutrientes. Os macronutrientes são classificados como: carboidratos, proteínas e gorduras. E os micronutrientes são classificados como vitaminas e minerais. Assim, para termos uma melhor compreensão de como empregar os macros e micronutrientes, podemos utilizar a Pirâmide alimentar brasileira.

A pirâmide alimentar é um modelo de como uma alimentação saudável deve ser aplicada em nosso dia a dia. Na pirâmide, estão distribuídas as classes de alimentos e como deve ser a frequência de consumo dos mesmos.

Fonte: http://nutrisdicas.blogspot.com/2015/05/novapiramide-dos-alimentos.html

A distribuição da pirâmide sugere que os alimentos sejam empregados na dieta da seguinte forma: 6 porções ao dia de carboidratos (arroz, batata, mandioca e outros), 3 poções de legumes e verduras, 3 porções de frutas, 3 de laticínios (queijos, leite e iogurte) 1 de carnes e ovos, 1 porção de feijão e outras leguminosas, uma de óleos e outras gorduras (azeite, castanhas) e uma de açúcares e doces.

Seguindo este modelo fica fácil manter uma alimentação equilibrada. O segredo é manter o equilíbrio e fazer boas escolhas na hora de selecionar os alimentos. Para isso, aqui vão algumas dicas para te ajudar a comer bem e saudável, vamos lá?

NÃO FAÇA RESTRIÇÕES SEVERAS:

É isso mesmo! Toda vez que alguém fala em dieta, não há como não pensar que vai ter que deixar de comer a maioria das coisas que gosta. E definitivamente, este não é o caminho correto! Pelo contrário, restrições severas acabam levando a quadros de compulsão alimentar. Portanto, mantenha o equilíbrio em suas refeições. A comida não é e nunca será a sua inimiga.

COMIDA DE VERDADE:

Uma alimentação saudável e equilibrada deve ser sempre colorida. Frutas e verduras devem fazer parte do nosso dia a dia. As frutas e verduras contem vitaminas, minerais, fitoquímicos e antioxidantes essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, além de conter fibras que podem contribuir no processo de emagrecimento.

MASTIGUE SEM PRESSA

Esta é uma das grandes dicas para quem busca manter uma alimentação saudável. Com o dia a dia cada vez mais corrido, as vezes não mastigamos de forma correta e com esse hábito, acabamos atrapalhando a absorção dos nutrientes. Sem contar que o cérebro demora a emitir uma mensagem de saciedade para o corpo, consequentemente, muitas vezes acabamos comendo mais que o necessário.

GORDURAS SAUDÁVEIS

Abacate, azeite de oliva, castanhas, amendoim, azeitonas são ótimos exemplos de gorduras saudáveis que devem ser incluídas em nossa alimentação. Estas gorduras são fontes de vitamina E e ajudam a manter os níveis de colesterol e triglicerídeos normalizados. Além de atuar na proteção do sistema cardiovascular.

FIBRAS

As fibras podem ser consideradas como a parte não digerível dos alimentos. Elas ajudam a manter os níveis de glicemia normalizados, auxiliam no controle do colesterol e são amigas do coração! As fibras também contribuem para o bom funcionamento do intestino e aumenta a sensação de saciedade. São exemplos: cereais integrais, aveia, grão de bico, centeio, chia, linhaça e etc.

ÁGUA E EXERCÍCIO FÍSICO

São grandes aliados em um estilo de vida saudável. Os exercícios físicos quando combinados com uma alimentação saudável promovem inúmeros benefícios para nossa saúde. A agua é fundamental para o bom funcionamento de todos os sistemas do organismo. Um corpo hidratado é um corpo saudável.

PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO

Quem deseja obter um padrão de vida saudável tem que ter consciência que irá precisar planejar e organizar-se muito bem. Horários de refeições, porções e escolha dos alimentos são alguns exemplos destas tarefas.

EVITE DIETAS DA MODA

Dieta do ovo, da sopa, da lua, da moda. Por favor, não caia nessa! Todas essas dietas são baseadas em restrições severas e como aprendemos mais à cima, restrições severas levam a quadros de compulsão alimentar.

PERMITA-SE

É essencial se permitir de vez em quando! Tenha na semana uma refeição livre para poder comer o que desejar! Acredite: isso evitará que você fique ansioso para os finais de semana e ajudará a desenvolver sua consciência alimentar.

PROCURE UM NUTRICIONISTA

Para fechar com chave de ouro: Se você deseja mudar seus hábitos e seu estilo de vida, procure um profissional nutricionista! Ele irá te auxiliar e te ajudará a atingir os seus objetivos e aumentar a sua qualidade de vida!

.


Roberta Brito – Nutricionista – CRN: 23308
Graduada em Nutrição e pós graduanda em nutrição esportiva. Colaboradora de pesquisa pelo letfads (UFPB).
@robertabritonutri

 

Deixar uma Resposta