fbpx
contato@institutoeidos.com.br

A importância dos estudos de revisão sistemáticas para a saúde

27 maio 2019

A importância dos estudos de revisão sistemáticas para a saúde

//
Comentários0
/
Tags

Estimulados pela evolução tecnológica, concorrência entre as indústrias/mercado farmacêutico, e sede pelo prolongamento da vida humana, novas tecnologias em saúde surgem diariamente, incluindo novos medicamentos e diagnósticos.

Juntamente com a possibilidade de novas alternativas para saúde, aparecem as dúvidas diante da capacidade dessas novas tecnologias promoverem o prometido, de forma eficaz e segura. Além disso, essas novas alternativas, na grande maioria dos casos, estão ligadas a um maior valor financeiro, principalmente, por terem necessidade de maiores custos operacionais de produção e de pesquisa.

O cenário econômico atual mundial, e, em particular, o brasileiro, procura otimizar os recursos financeiros, de forma que possa ser aplicado ao maior número de áreas e pessoas possíveis, inclusive na saúde. Com isso, diante do surgimento de novas tecnologias na saúde, o envelhecimento populacional e aumento dos custos financeiros, a Saúde Baseada em Evidências (SBE) surge como uma área que busca avaliar as melhores opções clínicas e economizar recursos econômicos.

A SBE procura então, gerar evidências e investigar a real eficácia, segurança, e comprovação da custo-efetividade dessas novas tecnologias em saúde, e, também, das atuais já utilizadas, afim de poupar recursos financeiros e atender a população da melhor forma possível. A SBE engloba uma série de tipos de estudos que buscam justamente fazer essas análises sobre as novas tecnologias, incluindo os estudos primários (ensaios clínicos, coortes, caso-controle, etc) e secundários (revisões sistemáticas, meta-análises, estudos econômicos).

Cada um desses tipos de estudos possui especificidades quanto a metodologia (desenvolvimento do estudo) e forma de reporte dos dados (síntese e apresentação dos resultados), podendo ser um pouco confuso para aqueles que tiveram pouco ou nenhum contato prévio com esses estudos.

Dessa forma, o entendimento dessa área pelos profissionais e gestores da saúde é de suma importância, sendo primeiro, para saber como avaliar e recomendar as melhores intervenções, por exemplo,  para suas unidades e pacientes, sendo, para isso, necessário saber onde e como identificar as melhores evidências científicas; e, segundo, para que esses profissionais e gestores possam também produzir evidências clínicas por meio dos estudos da SBE e produzir  recomendações,  protocolos ou regulamentações, quanto as opções terapêuticas mais viáveis (efetivas, seguras e/ou custo-efetivas) para prática clínica.

Vinicius Lins Ferreira

Mestre em Ciências Farmacêuticas, professor e pesquisador na área de Saúde Baseada em evidências.

Linkedin
Currículo Lattes

Deixar uma Resposta